"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CRESCENDO À MATURIDADE - LIMPOS DE CORAÇÃO

Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus. Mateus 5:8.
Se esta declaração positiva é verdadeira, a recíproca também o é: “Ai dos impuros de coração, porque nunca verão a Deus”.
O coração é visto, dentro do ângulo bíblico, como o centro ou foco da vida interior do homem. Ele é a origem ou fonte dos motivos. É o âmago dos processos do pensamento, da consciência, da cognição, da afetividade e da volição. O coração é a própria identidade pessoal do individuo. Por isso a Bíblia trata fundamentalmente de uma experiência espiritual que procede do coração. Inicialmente a Palavra de Deus mostra a perversão ou depravação essencial do coração humano em Gênesis 6:5 E viu o SENHOR que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.
O homem se mede por outro homem. Quando ele deseja examinar seu caráter, sua ética ou seus princípios morais, ele se mede tomando por padrão outro homem. Sempre lhe é possível encontrar alguém um bocadinho inferior a ele; assim, medindo-se por outro homem, ele se felicita por não haver caído tanto como os outros. Isto significa que o padrão último de moralidade é o do mais devasso indivíduo vivo. Aquele que julgamos estar abaixo de nós procura alguém abaixo dele, de sorte que possa congratular-se consigo mesmo. Assim, vamos descendo a escada, de modo que o padrão de moralidade vem a ser o do indivíduo mais pecador que se possa encontrar. As suas mãos estão sobre o mal e o fazem diligentemente; o príncipe exige condenação, o juiz aceita suborno, o grande fala dos maus desejos de sua alma, e, assim, todos eles juntamente urdem a trama. O melhor deles é como um espinheiro; o mais reto é pior do que uma sebe de espinhos. Miquéias 7:3-4a.
Com um coração tão sujo e contaminado, a única alternativa é trocá-lo, porque não é possível ao homem viver a vida cristã sem o transplante de coração. E o plano de Deus é na verdade substituir a fonte de inclinação dos propósitos humanos. É por isso que o Senhor promete no livro de Ezequiel 36:26 E vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei o coração de pedra da vossa carne e vos darei um coração de carne.
Qual é o sentido bíblico de coração? O coração é tido como o centro da personalidade. Não indica meramente a sede dos afetos e das emoções. Nas Escrituras “coração” inclui mente, emoção e vontade. Fala do homem na sua totalidade. Jesus está falando que a pureza deve penetrar em todos os corredores da nossa vida: nossos pensamentos, emoções, motivações, desejos e vontade. É pela habitação e a operação da Palavra em nós, (regenerados) que nos tornará cada vez mais limpos. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado. João 15:3.
O coração é a fonte de todas as nossas dificuldades. Foi por isso que Jesus fez um profundo e acertado diagnóstico do nosso coração em Mateus 15:19 Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias.
É um erro pensar que o mal está no meio ambiente. Adão caiu no paraíso, num ambiente perfeito. Quando Adão desobedeceu à ordem do Senhor, foi contaminado pelo veneno da serpente. Agora somente Deus pode tornar nosso coração puro. Por que a pureza deve ser principalmente no coração? Porque a pureza exterior pode ser apenas aparente e Deus vê não a aparência, mas o coração. Jesus condenou a hipocrisia dos fariseus que mantinham uma santidade exterior, mas eram impuros por dentro. Limpavam o exterior do copo, mas havia sujeira dentro. Eram como sepulcros caiados. Mateus 23:27 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia!
A palavra grega usada aqui para limpos (kázaros) tem vários significados: 1) Era usada para designar a roupa suja que foi lavada; 2) Era usada para designar o trigo que tinha sido separado da sua palha. Com o mesmo significado era usado para um exército do qual se tinha eliminado os soldados descontentes ou medrosos; 3) Era usada para descrever o vinho ou leite que não havia sido adulterado mediante adição de água; algo sem mescla; 4) Era usado para o ouro puro sem escória. É por isso que é necessário as provações em nossa vida para remover todas as escórias do nosso coração. Como se purifica o ouro? Com fogo. Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós, destinado a provar-vos, como se alguma coisa extraordinária vos estivesse acontecendo. 1 Pedro 4:12.
A palavra “limpos” significa: destituído de hipocrisia, ou seja, uma devoção não-dividida. A nossa grande dificuldade é nosso coração dúplice. O coração limpo é o coração que não está dividido, pois ele está destituído de contaminação, sem mácula, puro, íntegro. Hebreus 12:14 Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

As palavras verão a Deus fazem referencia tanto à visão espiritual como à física, tanto no hoje como no futuro. O pobre de espírito entra no reino dos céus agora; os que choram, são consolados agora; os mansos de coração recebem seu direito de possuir a terra agora; os que têm fome e sede da justiça são saciados agora; os misericordiosos conseguem misericórdia agora. Do mesmo modo, os de coração limpo têm o privilégio de ver a Deus agora, com os olhos da fé; e no futuro terão o privilégio de vê-lo face a face. Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. 1 João 3:2. Amém.


Assista as ministrações em nosso canal no youtube

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A MATURIDADE DOS MISERICORDIOSOS

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Mateus 5:7.
Esta quinta bem-aventurança, embora também seja uma atitude interior, começa a se ampliar e atingir as outras.  Esta bem-aventurança é o fruto das outras quatro que já estudamos anteriormente. Quando estamos abatidos no espírito, quando choramos, quando somos mansos e quando temos fome e sede de justiça, o resultado será que seremos misericordiosos para com os outros. As quatro primeiras bem-aventuranças tratam da nossa relação diante de Deus. Esta fala da nossa ação diante dos homens. As primeiras tratam da questão do ser, esta progride para a questão do fazer. No Cristianismo o ser vem antes do fazer. E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. 2 Coríntios 5:17.
O que é misericórdia? Misericórdia é lançar o coração na miséria do outro e estar pronto em qualquer tempo para aliviar a sua dor. A palavra hebraica para misericórdia é “chesed” que significa a capacidade de entrar em outra pessoa até que praticamente podemos ver com os seus olhos, pensar com sua mente e sentir com o seu coração. É mais do que sentir piedade por alguém. Misericórdia é ver uma pessoa sem alimento e lhe dar comida, é ver uma pessoa solitária e lhe fazer companhia. É atender às necessidades e não apenas senti-las. Quando nós fazemos para o próximo estamos fazendo ao próprio Senhor e na Sua suficiência. O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Mateus 25:40.
Primeiro temos que entender que misericórdia é um atributo de Deus, Deus é misericordioso, e que nós só podemos ser realmente misericordiosos se essa misericórdia for “escrita” em nós por Deus através do seu Espírito Santo. Lucas 6:36 Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.
Há um provérbio que diz assim: “Quem tem pena do miserável que vá para o lugar dele”. Misericórdia é assumir a miséria do miserável. Misericórdia é quando Deus não dá o que nós merecemos. Por outro lado a graça é Deus nos dando o que nós não merecíamos. A graça está especialmente associada com os homens em seus pecados; a misericórdia está geralmente associada com os homens em sua miséria. Por isso todo aquele que creu e fica crendo em sua morte e ressurreição com Cristo, deve sempre lembrar que Suas misericórdias são maiores do que suas misérias. As misericórdias de nosso Senhor não tem fim! As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Lamentações 3:22-23a.
Os misericordiosos são felizes! Mas por quê? Porque ser feliz é receber a misericórdia de Deus e apresentá-la a outros. Ser feliz é saber que a misericórdia de Deus se renova sobre mim e por isso a minha em relação ao outro também se renova, mesmo quando decepcionados, enganados e blasfemados. Ser feliz é se livrar do egoísmo e egocentrismo. Ser feliz é compartilhar, dar, dividir. Ser feliz é amar sem reservas, porém com sabedoria e sensatez. Ser feliz é pela graça ser achado por Deus como um misericordioso. O nosso Deus é muito rico em tudo, inclusive em misericórdia. Efésios 2:4-5 Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, —pela graça sois salvos.
Amor e graça combinam-se no que a Bíblia chama de “misericórdia de Deus”. O salmista reconhece que se Deus observar nossas iniqüidades, não subsistiremos. Devido à nossa pecaminosidade, não somos aceitáveis diante Dele. Mas Deus, pela graça, põe de lado o que merecemos a fim de dar-nos o que nunca poderíamos merecer. Salmos 103:10-11 Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniqüidades. Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.
Irmãos, sejamos sinceros: se no final de uma misericórdia não estivesse o começo de outra, estaríamos perdidos. Jesus veio e pagou a nossa conta na cruz, por isso as misericórdias são dádivas divinas que pagam antecipadamente nossas dívidas. Assim como as misericórdias de Deus renovam-se a cada manhã para seu povo, também sua ira renova-se todas as manhãs contra os perversos. Romanos 1:18 A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça.
Aquele que exige misericórdia, mas não a demonstra, destrói a ponte sobre a qual ele mesmo deve passar. Todos nós choramos por um ente querido que partiu, não deveríamos chorar por aquele cuja alma Deus partiu? Deus nos fez piedosos e quanto mais piedoso for o homem, mais misericordioso será. Aquele que recebeu misericórdia será misericordioso. Finalmente, sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes. 1 Pedro 3:8.
Todas as criaturas cumprem o papel para o qual foram criadas: as estrelas brilham, os pássaros cantam, as plantas produzem segundo a sua espécie. O propósito da vida é servir. Aquele que não cumpre a missão para a qual foi criado é inútil. Para que sofrer se você tem a misericórdia do Senhor? Salmos 32:10 Muito sofrimento terá de curtir o ímpio, mas o que confia no SENHOR, a misericórdia o assistirá.

Na perspectiva do Reino, somos felizes quando a misericórdia e graça divina transbordam do nosso coração e vida e alcançam os outros. A pergunta que fica não é “Somos felizes?”, pois essa é a consequência. A pergunta que fica para ser respondida é “Somos misericordiosos?”. Amém.

Assista as ministrações em nosso canal no youtube