"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

sexta-feira, 13 de abril de 2018

A PESSOA DO ESPÍRITO SANTO EM NÓS


Por isso, vos faço compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus afirma: Anátema, Jesus! Por outro lado, ninguém pode dizer: Senhor Jesus!, senão pelo Espírito Santo. 1 Coríntios 12:3.
Quem estabelece o senhorio de Cristo na vida da igreja é o Espírito Santo. O Deus Espírito Santo é a única Pessoa capaz de estabelecer o senhorio de Cristo na vida, na experiência e nos movimentos da igreja. É por isso que Ele não pode ser apagado.  É por isso que Ele não pode ser entristecido. Se Ele é entristecido no sentido prático, então nada do senhorio de Cristo para nós. Se Ele está entristecido, Ele certamente não pode governar, não pode guiar, não pode liderar, não pode falar. Mesmo que fale não é ouvido. E se o bendito Espírito Santo estiver entristecido, Ele não vai nos dirigir. E quando Ele não nos dirigir, sabe o que faremos? Faremos movimentos confusos, independentes, particulares, devaneios intelectuais, devaneios de serviço. Essa será a nossa praga. Não o entristeçamos. E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Efésios 4:30.
Onde quer que você veja a exaltação do homem, isso não é obra do Espírito Santo. Você pode olhar para um movimento que se diz evangélico, e se há uma exploração e exaltação do homem, isso não é obra do Espírito Santo. Onde o Espírito Santo opera, Jesus Cristo é exaltado e tudo mais se desvanece. Muitos líderes “evangélicos” não faz outra coisa senão em entristecer o Espírito Santo usando palavras que Ele não disse, obras que Ele não fez, e experiências que Ele não gerou. Atribuindo ao Espírito Santo aquilo que não é obra do Espírito Santo. Experiências humanas intermináveis, experiências emocionais, experiências bizarras e experiências demoníacas são consideradas como provenientes do Espírito Santo. Eis que eu sou contra esses profetas, diz o SENHOR, que pregam a sua própria palavra e afirmam: Ele disse. Jeremias 23:31.
Estamos vendo hoje essas loucuras sobre visões, revelações, vozes do céu, mensagens do Espírito através de meios transcendentais, sonhos, falar em línguas desordenadas, profecias, experiências fora do corpo, viagens ao céu, unções, milagres, todas elas falsas, todas elas mentirosas, todas elas enganosas, falsamente atribuídas ao Espírito Santo. Mestres enganadores que buscam dinheiro, poder e influência. Você pode ligar a sua TV e ver qualquer um que você escolher.  Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência. 1 Timóteo 4:1-2.
O movimento carismático “roubou” o Espírito Santo e criou um bezerro de ouro (Êxodo 32:8). E eles estão dançando em torno do bezerro de ouro, como se ele fosse o Espírito Santo. É uma falsa forma do Espírito Santo.  Nós temos trocado o sobrenatural, o ministério do Espírito Santo, pelo pragmatismo. Esse era o pecado dos gálatas. Sois assim insensatos que, tendo começado no Espírito, estejais, agora, vos aperfeiçoando na carne? Gálatas 3:3.
Onde está o manso, onde está o humilde e o modesto? Onde o Espírito Santo está, Cristo será exaltado. Será Cristo, e será Cristo novamente quem recebe todo o louvor, toda a honra e toda a glória. O Espírito Santo é ofendido se Cristo não é exaltado. A Sua obra é apagada quando a carne é engrandecida. O apóstolo Paulo era um varão que não fazia outra coisa, senão exaltar a Cristo por meio do Espírito Santo. Filipenses 1:20. Segundo a minha ardente expectativa e esperança de que em nada serei envergonhado; antes, com toda a ousadia, como sempre, também agora, será Cristo engrandecido no meu corpo, quer pela vida, quer pela morte.
Quem é o Espírito Santo? Ele é totalmente Deus. Não é uma “coisa”. O Espírito Santo não é uma influência. O Espírito Santo não é um tipo de “energia” que emana de Deus. O Espírito Santo é DEUS! Um membro da Trindade. Uma Pessoa. A completa essência de Deus. Como uma personalidade e identidade própria. As Escrituras são claras sobre isso. Ele é igual em natureza e atributos, eu vou repetir isso: Ele é igual ao Pai e ao Filho em natureza e atributos. Ele não é menor em nenhum sentido. Ele é totalmente Deus da mesma forma que o Pai e o Filho o são. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. Mateus 28:19-20.
Muitas pessoas brincam com o Espírito Santo, isso é porque não viram o erro de perto. São coisas trágicas! Irmãos nós estamos no Espírito, pois já nascemos de novo. Para nós Cristo é uma esfera espiritual na qual habitamos. Pela graça de Deus, pela ação da Palavra e pela fé que foi gerada em nós por obra do Espírito Santo nós fomos unidos a Cristo. Além de estarmos em Cristo, nós estamos no Espírito, portanto, somos encorajados a andar no Espírito. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Gálatas 5:25.
As Escrituras afirmam que Jesus pelo Espírito eterno se oferece sem mácula a Deus. O Espírito o guiou para o deserto para ser tentado pelo diabo. Ele encheu o homem Jesus não por medida, para que Jesus passasse por todas as experiências humanas. Ele habilitou Jesus para provação, para necessidade, para tribulação, privação, para dores, cansaço e fraquezas. Pelo Espírito Jesus foi para cruz, morreu, mas o Espírito o ressuscitou dentre os morto e também nos vivificará, pois Ele habita em nós. Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita. Romanos 8:11. Amém. 

Assista os nossos estudos no YOUTUBE:



quarta-feira, 4 de abril de 2018

O EFEITO DO ESPÍRITO SANTO DENTRO DE NÓS


A igreja, na verdade, tinha paz por toda a Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se e caminhando no temor do Senhor, e, no conforto do Espírito Santo, crescia em número. Atos 9:31.
Em primeiro lugar o efeito do Espírito Santo no coração do homem começa com a regeneração. É claro que quem vive e morre não regenerado não pode ser salvo. Não há salvação da
desgraça eterna para quem não foi libertado do estado de pecado. Se pudéssemos ser salvos sem a regeneração, sem a troca da natureza, não haveria, portanto a necessidade de que todas as coisas fossem criadas novamente por Jesus Cristo. Se os homens podem ser salvos estando ainda na condição maligna que nos trouxe a queda de Adão, então Cristo morreu em vão. Por isso Jesus disse em João 3:3b. Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
Quem é o Espírito Santo? Ele é uma Pessoa, a terceira Pessoa da Trindade santa. Qual é o efeito da sua presença em nosso coração? Uma vez que fomos regenerados o Espírito Santo passa a ser o nosso Consolador, Ele dá consolo e encorajamento. Essa é a primeira consequência da Sua obra. Consolo é serenidade e contentamento da alma em plena tribulação, graças a consideração ou a presença de algum bem que sobrepuja o mal, a inquietação ou a perplexidade contra qual ela tem de lutar. Toda vez que há fortalecimento e consolação, necessariamente há também inquietação e perplexidade, por isso o apóstolo escreve em 2 Coríntios 1:5-6 Porque, assim como os sofrimentos de Cristo se manifestam em grande medida a nosso favor, assim também a nossa consolação transborda por meio de Cristo. Mas, se somos atribulados, é para o vosso conforto e salvação; se somos confortados, é também para o vosso conforto, o qual se torna eficaz, suportando vós com paciência os mesmos sofrimentos que nós também padecemos.
Os efeitos do Espírito Santo são a única fonte de nosso consolo e encorajamento. Não há consolo, exceto Dele, e não há sofrimento para o qual não tenhamos a Sua consolação. Seja o que for que aconteça com um filho de Deus, sejam quais forem os males experimentados, tão logo haja também alguma consolação do Espírito Santo, a consolação do cristão transbordará. Quando somos habitados pelo Espírito Santo é impossível que não passemos vitoriosamente pelos problemas. Que espécie de encorajamento e consolo o nosso bendito Consolador provê? É um consolo duradouro. O apóstolo Paulo se refere a isso em  2 Tessalonicenses 2:16-17 Ora, nosso Senhor Jesus Cristo mesmo e Deus, o nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança, pela graça, consolem o vosso coração e vos confirmem em toda boa obra e boa palavra.
Consolo eterno ou encorajamento eterno jamais desaparecerá dos filhos de Deus em Cristo Jesus. Obtemos essa benção do Espírito Santo: amor eterno, redenção eterna e herança eterna. Nós temos no Espírito Santo um encorajamento forte! Para que, mediante duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, forte alento tenhamos nós que já corremos para o refúgio, a fim de lançar mão da esperança proposta. Hebreus 6:18.
A paz é outra consequência da obra do Espírito Santo. A base desta paz é a convicção de que fomos aceitos por Deus em Cristo Jesus, e envolvida nisso está à libertação da ira, da maldição e da condenação eterna, pois tudo isso tendo um efeito encantador na alma e na consciência. Esse é, como em outros casos, um efeito produzido pelo Espírito Santo. Tudo o que temos vem Dele e por meio Dele. Paz é fruto do Espírito. Gálatas 5:22 Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade.
A alegria é mais uma consequência da obra do Espírito Santo em nosso coração. O Espírito é chamado de óleo de alegria. Quando Ele derrama o amor de Deus em nosso coração e o enche grandemente, de maneira direta, assim quando fez com João Batista saltar de alegria no ventre de sua mãe quando vinha chegando à mãe de Jesus, então a alma se desperta para considerar o amor de Deus, de quem a alegria começa a fluir. Ainda que uma pessoa ouça e receba a Palavra do Senhor em meio a muita tribulação, o Espírito Santo vem a inunda de alegria. Está escrito em 1 Tessalonicenses 1:6  Com efeito, vos tornastes imitadores nossos e do Senhor, tendo recebido a palavra, posto que em meio de muita tribulação, com alegria do Espírito Santo.
O Espírito Santo deseja servir-nos com Cristo. Quando crescemos no Senhor, somos transformados pelo Senhor, mas muitas vezes ignoramos que essa obra é realizada pelo Espírito Santo. Ele jamais fará propaganda de Si mesmo. Se virmos Cristo em uma reunião, isso é resultado da obra do Espírito Santo, contudo Ele próprio nunca se permite aparecer, Ele até mesmo se esconde. Ele veio para dar testemunho de Cristo. Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim. João 15:26.
O Espírito Santo conhece todas as coisas e, portanto, as pode ensinar. Não há limite para Sua capacidade de ensinar-nos, já que Ele conhece toda a Verdade. Portanto Ele nos guiará a toda Verdade: Quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir. João 16:13.
É obra do Espírito Santo trazer a nós, bem como fazer real em nós, de uma maneira experimental, tudo aquilo que Cristo é e fez em cada um de nós. Amém.

Assista os nossos estudos no YOUTUBE: