"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

sábado, 24 de junho de 2017

A GRAÇA UNILATERAL DE DEUS

E estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, — pela graça sois salvos. Efésios 2:5-6.
A condição de uma pessoa sem Cristo é muito pior do que ela jamais sonhou. Só quando ela tiver consciência do seu infortúnio, então ela saberá apreciar a graça de Deus. Então, o quão desamparada a pessoa está sem a graça de Deus. Uma pessoa sem a vida de Cristo é comparada a um cadáver em um cemitério. Espiritualmente falando, ela está morta em relação a Deus e a menos que Ele conceda o milagre da vida, ficará eternamente morta. Ninguém poderá ver e nem entrar no reino de Deus se não nascer de novo. João 3:3,5. Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus. Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus.
É lógico que as pessoas de quem Paulo está falando na carta aos Efésios não estão mortas fisicamente, mas espiritualmente. As pessoas que estão “mortas em suas transgressões e pecados” podem ir a uma sinfonia, assistir a um filme ou passear com o cachorro. O homem natural é miserável, prisioneiro, doente e morto. E o que é pior, satanás acrescenta a suas misérias a cegueira, então essa pessoa vai acreditar que é livre, feliz, poderoso, perfeito e vivo. É bastante ruim ser cego e louco, mas imagine ser cego e louco e pensar que está vivo e enxergando! Mesmo sendo morto para com Deus o homem natural é vivo para com a sua própria justiça. E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos. Colossenses 2:13.
A nossa ruína impregnou todo o nosso ser: nossa mente está corrompida pelo pecado, nossa alma está maculada e nossa vontade está paralisada. Não importa se somos boas pessoas ou não; estamos em uma grande encrenca. Mas graças ao Senhor, Deus entrou no cemitério para nos dar vida. Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus; e os que a ouvirem viverão. João 5:25.
Isso significa que Deus dá o primeiro passo em nossa direção. Primeiro Ele se fez carne, depois cumpre toda Lei e depois nos atrai, nos crucifica, nos faz morrer e nos ressuscita juntamente com Cristo e nos faz descansar. E, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus. Efésios 2:6.
Deus deu um grande passo em nossa direção realizando uma salvação plena e perfeita em Cristo. Mas o nosso pequeno passo é só uma resposta ao que Deus já realizou. A graça significa que Deus profere uma Palavra, nos dá vida espiritual e nos prepara para estarmos perante Ele. Deus em Cristo desce a escada que tentamos subir, nos carrega para cima e nos leva por todo o caminho até Sua presença. Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus. 1 Pedro 3:18a.
Algumas coisas podem existir conjuntamente, mas obras humanas e a graça que traz salvação, não podem. Se o plano de resgate de Deus tivesse incluído nossos esforços, a importância da graça seria diminuída, e a salvação não seria uma obra de Deus em sua totalidade. Romanos 11:6 E, se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça.
Deus é tão rico, que supomos que Ele não teria de comprar nada. Mas há algo que Deus comprou, e este algo é o Seu povo. Está escrito em 1 Coríntios 6:20 Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.
A graça de Deus é tão maravilhosa porque transforma fichas em moedas de ouro, pedregulhos em pérolas, doença em saúde, fraqueza em força e miséria em abundância. É por isso que a graça humilha o homem sem degradá-lo e o exalta sem torná-lo orgulhoso. A essência da graça é que Deus é por nós. Se Deus é por nós, será que o pecado pode nos vencer? Romanos 5:20 Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa; mas onde abundou o pecado, superabundou a graça.
A graça de Deus em nossa vida é do começo ao fim. Portanto, quando vamos a Cristo, não é para dar, é para receber. Não vamos a Ele para dar o melhor de nós, vamos a Ele para crer. Não vamos a Ele para sermos apenas ajudado, mas para sermos resgatados. Não vamos a Ele para sermos melhorado, embora isso também ocorra, mas vamos a Ele para termos vida e vida em abundancia. Está escrito em João 10:10b. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
A vida recebida no novo nascimento e a vida eterna é a mesma vida, porem a vida eterna é a vida em abundância, vida em plena comunhão com o Pai e com Seu Filho Jesus Cristo que poucos desfrutam. A vida do cristão é Cristo. Vida vitoriosa, vida santa, vida perfeita é o próprio Cristo! Do começo ao fim, é Cristo. Fora Dele, não temos nada. Cristo deve ter a preeminência em todas as coisas! A vida vencedora que Deus nos tem dado não é uma coisa, nem é paciência ou gentileza, mas é o Cristo vivo. Cristo jamais virá suplementar nossa deficiência. Não temos falta de paciência, mas de uma Pessoa viva. Cristo deseja ser não apenas nosso Salvador e nosso Senhor, mas ser a própria Vida de nossa vida. Colossenses 3:4 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória.
Se isto não se cumprir em cada um de nós, se tão somente guardarmos uma série de mandamentos externos, se nos impuserem ou nos auto impusermos uma forma de vida piedosa e práticas inovadoras de religião externa, nada obtivemos. Se Cristo não é encontrado em nós, somos apenas uma religião. Deus te abençoe em Cristo. Amém.

Assista as ministrações em nosso canal no youtube