"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

CONSOLO SEGURO

O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica. (Salmo 119:50)
Quando os ventos fortes estão soprando, quando uma tempestade se aproxima, ficamos amedrontados e rapidamente buscamos um abrigo seguro para nos protegermos. O que fazemos quando a nossa alma entra numa turbulência e tudo parece estar sem controle? Para onde nos dirigimos, para buscarmos proteção e segurança? A quem recorremos, quando o socorro humano é tão limitado quanto inoperante? Para onde ir, quando todo o aconselhamento "bíblico" e exortações "espirituais" são ineficazes? Bem-aventurada é aquela pessoa que crê que a palavra de Deus é o único lugar que pode trazer segurança e consolo para a suas aflições.
Lemos em Salmos 119: 25 e 28: A minha alma está apegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra. A minha alma, de tristeza, verte lágrimas; fortalece-me segundo a tua palavra. Somente a palavra de Deus pode penetrar no mais profundo do nosso ser e sarar a nossa dor. Ela é saúde para a nossa alma e alegria para o nosso coração. No livro de Jeremias 15:16a e Salmos 119:103, lemos: Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração. Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais que o mel à minha boca. A palavra de Deus é instrumento de libertação. Ela nos livra de sermos derrotados.
No livro de Oséias 4:6a e Provérbios 11:9b, lemos: O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Mas os justos são libertados pelo conhecimento. A nossa alma tem uma necessidade extremada de se alimentar da palavra de Deus. Nada pode saciá-la, a não ser a palavra vinda diretamente do trono da graça. Estarmos equipados para a vida é estarmos cheios da verdade de Deus em nosso coração. No livro de Colossenses 3:16 está escrito: Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. Esta instrução bíblica não procede de um Deus cheio de manias, porém, é uma bendita direção para que possamos encontrar um abrigo seguro para a nossa alma aflita.
Constantemente estamos sofrendo com as pressões deste mundo. Buscamos consolo e encontramos dureza. Vamos atrás de compreensão na igreja e recebemos uma aula de teologia. Ansiamos por amor e nos deparamos com frieza. Neste mundo, não há lugar para os fracos. Em muitas comunidades, somente os fortes conseguem sobreviver. As igrejas estão cheias de mancos, aleijados e desvalidos emocionais. São pobres almas desqualificadas que vivem perambulando dentro das nossas próprias igrejas. Elas estão atrás de um pouco de aceitação e compreensão. Muitos daqueles que estão sentados ao nosso lado estão sofrendo, porém, não querem ouvir um aconselhamento bíblico, pois já o tiveram. Não querem receber uma série de textos das Escrituras Sagradas para os confessarem, pois já fizeram isto muitas vezes. O que anseiam é tocar um coração que se compadeça da sua dor insuportável. Não buscam a solução do problema, mas estão atrás de alguém que os ouça e se compadeça de sua aflição. Alguém que fale com o coração e não somente com os lábios. Precisamos ser pessoas cheias da palavra de Deus. Carecemos de ser cheios da graça divina.
A nossa mente pode ter muitas informações a respeito da Bíblia, mas somente o nosso coração pode saborear a revelação da palavra que procede de Deus. A palavra de Deus não foi dada para nos exercitarmos intelectualmente com ela, mas com o fim de alimentarmos o nosso coração, e assim, sermos um canal de graça neste mundo caído. A graça de Deus nos conduz à palavra. A palavra de Deus nos firma nesta graça. A nossa alma necessita da palavra. Em 1 Pedro 2:2, lemos: Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação. A segurança que a nossa alma tanto almeja está unicamente na palavra de Deus.
O livro de Salmos 119:105 registra: Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz, para os meus caminhos. A palavra de Deus é a nossa vida, conforme lemos em Deuteronômio 32:47a: Porque esta palavra não é para vós outros coisa vã; antes, é a vossa vida. A palavra de Deus tem o poder para nos fortalecer. No livro de Atos 20:32, lemos: Agora, pois, encomendo-vos ao Senhor e à palavra da sua graça, que tem poder para vos edificar e dar herança entre todos os que são santificados.
Quando nascemos do alto, pela graça de Deus, ganhamos uma nova mente, a mente de Cristo. Lemos em 1 Coríntios 2:16: Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo. O que é ter a mente de Cristo? É ter a mente da palavra de Deus. Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento. Filipenses 4:8. Precisamos nos saturar desta bendita vitamina, a palavra de Deus. O livro de Josué 1:8 e Salmos 1:2-3 aponta: Não cesses de falar deste livro da lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido. O recurso inesgotável para saciar a sede da nossa alma é a palavra de Deus. Bendito é aquele que anuncia a palavra de Deus, não somente com os lábios, mas também com o coração. Este tem a autoridade para tocar as almas machucadas pela vida. A palavra armazenada em nosso coração produz consolo e prazer. No livro de Salmo 119:52 e 92 lemos: Lembro-me dos teus juízos de outrora e me conforto, ó Senhor. Não fosse a tua lei ter sido o meu prazer, há muito já teria eu perecido na minha angústia. O berço consolador da nossa alma é a santa palavra. Estou aflitíssimo; vivifica-me, Senhor, segundo a tua palavra. Salmo 119:107. Amparo, proteção, segurança, aceitação e alívio são encontrados nas palavras do Senhor Jesus. No livro de Mateus 11:28-30, lemos: Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. Ao tocarmos a palavra de Deus, estamos tocando uma pessoa, o Senhor Jesus Cristo. O seu nome é o Verbo de Deus. No livro de Apocalipse 19:13 está registrado: Está vestido com um manto tinto de sangue, e o seu nome se chama o Verbo de Deus. Quando estamos cheios da palavra de Deus, estamos repletos de Cristo, pois a palavra expressa o caráter santo do Senhor Jesus.
Que jamais percamos de vista que a palavra de Deus está acima de todas as nossas angústias, decepções e dores. Sobre mim vieram tribulação e angústia; todavia, os teus mandamentos são o meu prazer. Salmo 119:143. Como é confortante ouvir que: Assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei. Isaías 55:11. O Senhor quer que enchamos nosso coração e mente com a sua palavra. Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma; atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por frontal entre os olhos. No coração, tem ele a lei do seu Deus; os seus passos não vacilarão. Deuteronômio 11:18 e Salmo 37:31. A nossa alma, o nosso mais profundo ser, só encontrará consolo seguro, quando repousar na eterna e imutável palavra de Deus. Enviou-lhes a sua palavra, e os sarou, e os livrou do que lhes era mortal. Salmo 107:20
GRAÇA E PAZ.

Nenhum comentário: