"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

domingo, 3 de junho de 2012

TRANSFORMADOS PELA GLÓRIA DE CRISTO

E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito. 2 Coríntios 3:18.
Não há nada estático na verdadeira experiência espiritual. O olhar para cima e o rosto descoberto devem captar e refletir algo da glória do Senhor. Com um conhecimento crescente Dele e uma comunhão que se torna mais profunda com Ele, deve haver uma crescente semelhança a Ele. Na cruz do Calvário, Cristo morreu para nos libertar do pecado, quando nos incluiu naquele sacrifício. Para tornar aquela vitória perfeita permanente enviou o Espírito Santo para habitar e governar. O homem carnal está sob o poder da lei do pecado. Ela opera em sua vida, o conduzindo a maior parte do tempo sob seu domínio. Mas há a outra lei, uma lei mais elevada em operação no cristão, e quando ele se rende à força do seu poder o homem espiritual é livrado da lei do pecado e da morte. Aqui está a sua vitória habitual sobre todo pecado conhecido. Você experimenta tal vitória? É Uma Vida de Constante Crescimento na Semelhança de Cristo. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. Romanos 8:29.
Incredulidade cega os olhos do entendimento das pessoas. Mesmo entre aqueles que dizem ter um conhecimento de Cristo, há apenas alguns que realmente entendem a Sua glória e que são transformados em Sua semelhança. Ninguém jamais se tornará semelhante a Cristo simplesmente por imitar as Suas ações. Somente uma experiência da glória de Cristo é capaz de tornar um cristão semelhante a Cristo. A triste verdade é que os melhores de nós não desejam gastar o seu tempo pensando seriamente neste assunto. Pensamentos a respeito da glória de Cristo são muito elevados e muito difíceis para nós. Não conseguimos nos deleitar por muito tempo neles sem que fiquemos tristes e nos desviemos deles. Os nossos pensamentos e desejos estão misturados com outras coisas. Se apenas nos despertássemos para crer nas “coisas que os anjos desejam perscrutar”, a nossa força e entendimento espirituais estariam crescendo diariamente. A fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus. Colossenses 1:10.
Uma grande parte da miséria e castigo da humanidade, por causa da queda de Adão ao pecar, é a densa escuridão e ignorância que cobriu a mente humana desde então. Desde que começou a pregação do evangelho, o grande objetivo do maligno tem sido o de cegar os olhos das pessoas para que não possam ver a glória de Cristo.
Nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus. . 2 Coríntios 4:4 
Nem mesmo a argumentação dos filósofos sobre aquelas coisas que são invisíveis e que ultrapassam a compreensão humana livra as pessoas da idolatria e da prática de todos os tipos de pecado. Satanás é o príncipe das trevas e ele estabeleceu o seu reino tenebroso nas mentes humanas, mantendo-as em ignorância de Deus e Sua Palavra. Toda a maldade e confusão entre os seres humanos vêm dessas trevas e dessa ignorância. Deus podia ter deixado que perecêssemos na cegueira e ignorância dos nossos ancestrais. Esta cegueira ou escuridão espiritual é curada naqueles que crêem pelo grande poder de Deus. Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo. 2 Coríntios 4:6.
Irmãos se quisermos ter uma fé mais ativa e um maior amor para com Cristo, que dêem descanso e satisfação às nossas almas, precisamos ter um maior desejo de compreender melhor a Sua própria glória nesta vida. Isso significará que cada vez mais as coisas deste mundo terão menor atração para nós até que se tornem indesejáveis como algo morto. Não deveríamos procurar por nada no céu a não ser pelas coisas de que já temos alguma experiência nesta vida. Se estivéssemos totalmente convencidos disso estaríamos pensando mais nas coisas celestiais do que normalmente estamos. Jesus Cristo enquanto esteve na terra, Ele sempre fez a vontade do Pai, mas houve um desejo em Seu coração no qual mostra o Seu grande amor por todos nós. Eis a Sua única vontade aqui na terra: Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo. João 17:24.
Existe alguém nesta manhã que ainda não está preparado para a glória? Muitos pensam que já estão suficientemente preparados para a glória, como se eles a pudessem alcançar. Mas não sabem o que isso significa. Não há o menor prazer na música para um surdo, nem em belas cores para um cego, da mesma forma, o céu não seria um lugar de prazer para as pessoas que não tivessem sido preparadas para ele nesta vida pelo Espírito. A vontade de Deus é que devemos conhecer as primícias da glória aqui e a sua plenitude no futuro. Contudo, somos feitos capazes de receber o conhecimento dessa glória pela atividade espiritual da fé. O nosso conhecimento atual da glória é a nossa preparação para a glória futura. É por isso que uma visão verdadeira da glória de Cristo tem o poder de transformar-nos até que nos tornemos semelhantes a Cristo. Dando graças ao Pai, que vos fez idôneos à parte que vos cabe da herança dos santos na luz. Colossenses 1:12.
Quando nós fazemos uma meditação constante sobre a glória de Cristo isso dará a mim e a você descanso e satisfação às nossas almas. Trará paz às nossas almas que tantas vezes estão cheias de medos e pensamentos perturbadores. Leiamos Romanos 8:6 Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.
As coisas desta vida nada são quando comparadas com o grande valor e beleza de Cristo, como o apostolo Paulo disse em Filipenses 3:8  E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas e as considero como esterco, para que possa ganhar a Cristo.
O conhecimento da glória de Cristo é a fonte de nossa bem-aventurança eterna. Quanto mais temos a visão da glória de Cristo, mais seremos transformados a Sua semelhança. 1 João 3:2 Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é.
Deus é tão grandioso que não podemos vê-lO com os nossos olhos naturais; e mesmo quando estivermos no céu, não poderemos entender todas as coisas sobre Ele, porque Ele é infinito. No entanto, mesmo nesta vida os verdadeiros filhos de Deus têm um antegozo da bem-aventurança proveniente de conhecer a Cristo. As Escrituras e o Espírito Santo nos apresentam a glória de Deus que brilha em Cristo, de tal forma que enche nossas vidas de indescritível alegria e paz. Alegria e paz é Reino de Cristo, pois está escrito em Romanos 14:17 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.
Muitos cristãos infelizmente não têm estas experiências freqüentes em suas vidas, devido ao estado doentio de suas almas e a falta de desejo de estar em plena comunhão com o Senhor da glória, no qual todos foram chamados. 1 Coríntios 1:9 Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.
O coração de um genuíno filho de Deus, afetado pela glória de Cristo, é como uma agulha tocada por um imã. Ele não pode mais permanecer quieto ou satisfeito à distância, apesar de seus movimentos serem fracos e trêmulos. Ele está continuamente sendo inclinado em direção a Ele, mas não chegará à perfeição neste mundo. Contudo, lá no céu, com Cristo sempre diante de nós, poderemos firmemente olhar para Ele em toda a Sua glória. Esta visão constante trará um refrigério eterno e alegria às nossas almas. Não podemos entender, entretanto, como será a visão final de Deus. Mas sabemos que os limpos de coração O verão. Isaías 33:17 e Mateus 5:8. Os teus olhos verão o rei na sua formosura, verão a terra que se estende até longe. Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus. Amém!
Deus te abençoe em Cristo Jesus querido amigo(a).

2 comentários:

Josiel Dias disse...

Olá meus queridos irmãos, Graça e Paz.
Parabéns pelo blog muinto edificante. Como sempre tenho dito; crescemos quando lemos, quando compartilhamos e que aprendemos. Aprendendo uns com os
outros crescemos na graça e conhecimento.
Aproveito a oportunidade para compartilhar também o nosso blog. Notícias, Eventos, Músicas, reflexões e tudo que move o meio gospel.
Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
Deus continue lhe abençoando Ricamente
Josiel Dias
Mensagem Edificante para alma
http://josiel-dias.blogspot.com.br
Rio de Janeiro

António Jesus Batalha disse...

Amigo e irmão, passei e encontrei o seu blog e fiquei algum tempo a ler algumas coisas, me deixou maravilhado pelo que escreve, e ao ler suas postagens somos edificados. Gostei de poder encontrar alguém que ama Jesus, e pelo que li deu para notar que também ama o próximo. Que Jesus continue a derramar a Sua paz e unção sobre sua vida, deixo um convite se desejar fazer parte de meu blog eu ficaria radiante em ter pessoas assim como meus amigos virtuais, de seguida irei retribuir seguindo também seu blog. Obrigado que o amor de Jesus seja a cada dia consigo e com sua familia. António Batalha.