"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

PLANTAR E COLHER

Ai do perverso! Mal lhe irá; porque a sua paga será o que as suas próprias mãos fizeram. Isaías 3:11.
As Escrituras afirmam que os perversos e impostores irão da mal a pior. Deus retribuirá a cada um dos atos maus dos homens, sejam eles regenerados ou não. Deus é Equitativo e por isso os seres racionais não podem ficar sem punição, nem escapar de suas consequências. Deus é um ser absolutamente Justo e Ele dá a paga que os homens merecem. O principio bíblico vale aqui com toda força: Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Gálatas 6:7.
Se plantarmos coisas boas, colheremos coisas boas; Se plantarmos coisas ruins, colheremos coisas ruins. Nós estamos plantando em todo o tempo. Tudo o que fazemos é plantar semente: palavras, pensamentos, dinheiro, atitudes. Tudo é semente; por isso nós iremos colher de acordo com o que plantamos. Como tem sido a sua plantação? Quantas pessoas estão plantando para o pecado com atitudes de derrota e sementes de medo; semeando palavras negativas na mente de seus filhos ou cônjuges. Nossos filhos são uma tela em branco. Você é que faz a pintura. Muitas famílias sonham em ter um lar feliz, mas em todo tempo estão semeando amargura, grosserias, ofensas, etc. Estão semeando fracasso em seu casamento. A Bíblia é clara em Jó 4:8 Tenho notado que os que aram campos de maldade e plantam sementes de desgraça só colhem maldade e desgraça.
Há muitos casos que evidenciam a retribuição de Deus, mas daremos apenas alguns exemplos para ilustrar como Deus intervém na vida do mundo para punir os homens que transgridem as suas Leis e afrontam a Sua santidade. No Antigo Testamento temos um homem que era muito mau e seu nome é Adoni-Bezeque. Fez todas as maldades possíveis contra os seus adversários. Acima, porém, dos homens maus, há um Governador Soberano no Universo, que dá a paga aos homens por seus atos maus. Não podemos nos esquecer de que Deus usa instrumentos humanos para que os seus propósitos retributivos sejam cumpridos. Leiamos Juízes 1:6 Adoni-Bezeque, porém, fugiu; mas o perseguiram e, prendendo-o, lhe cortaram os polegares das mãos e dos pés.
O curioso, contudo, é que o povo hebreu que perseguiu Adoni-Bezeque não sabia da história passada dele, como um cortador de dedos dos reis a quem ele conquistava. Portando, não pode ser dito que os hebreus estavam executando qualquer vingança pelos atos passados dele. Entretanto, o próprio Adoni-Bezeque admitiu que o que estava acontecendo ali com ele era a providência punitiva de Deus. Deus lhe estava devolvendo os atos que ele praticara com outras pessoas. Então, disse Adoni-Bezeque: Setenta reis, a quem haviam sido cortados os polegares das mãos e dos pés, apanhavam migalhas debaixo da minha mesa; assim como eu fiz, assim Deus me pagou. E o levaram a Jerusalém, e morreu ali. Juízes 1:7.
O fato triste é que muitas pessoas, mesmo depois de milênios de história da revelação bíblica, ainda questionam que Deus possa agir como vingador dos pecados dos homens. Muitos “crentes” ignoram que Deus tem o direito de vingança, de retribuição, coisa que Ele proíbe aos homens. O que é proibido aos homens é permitido a Deus. Nós não devemos nos vingar, mas a vingança cabe somente a Deus. Está escrito em Romanos 12:19 Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira; porque está escrito: A mim me pertence a vingança; eu é que retribuirei, diz o Senhor.
Vamos analisar agora a retribuição providencial de Deus na vida do rei Agague. Agague era rei dos amalequitas. Havia feito muitos males contra Israel. Então Deus enviou Samuel para ungir Saul como rei de Israel e ordenou que Saul ferisse a Agague e destruísse totalmente tudo o que pertencia a ele. Vai, pois, agora, e fere a Amaleque, e destrói totalmente a tudo o que tiver, e nada lhe poupes; porém matarás homem e mulher, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos. 1 Samuel 15:3.
Muitos fazem está pergunta: Será possível que esse é o verdadeiro Deus que nós conhecemos? Este sim é o Deus das Santas Escrituras, o Deus das vinganças, o Deus das retribuições providenciais. Nós precisamos rever a nossa teologia, porque o Deus e Pai de Jesus Cristo, que é o mesmo Deus do Antigo Testamento, é apresentado como o Soberano Senhor, mesmo no Novo Testamento. É-nos dito no Novo Testamento que Ele é o Deus das vinganças, como já lemos acima. Deus tem o direito de ordenar ao rei Saul, porque Ele é soberano sobre Saul, a quem Ele próprio havia constituído rei. Vamos ler 1 Samuel 15:1-2 Disse Samuel a Saul: Enviou-me o SENHOR a ungir-te rei sobre o seu povo, sobre Israel; atenta, pois, agora, às palavras do SENHOR. Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Castigarei Amaleque pelo que fez a Israel: ter-se oposto a Israel no caminho, quando este subia do Egito.
Entretanto, Saul não obedece as ordens de Deus exatamente da forma como Deus havia ordenado. Ele destruiu o povo, mas não o rei Agague e também tomou algumas coisas boas para si. Além disso, ele mentiu a Samuel dizendo que havia cumprido todas as palavras do Senhor. Samuel percebe as ovelhas que haviam sido tomadas dos amalequitas e justifica que era para o sacrifício ao Senhor, o que Samuel contesta. Samuel, então, pronuncia a sentença de Deus contra Saul. 1 Samuel 15:23 Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.
Saul, por sua vez, reconhece o seu pecado e pede perdão, mas não houve retorno. Samuel, então, mandou buscar o rei Agague e lhe disse em 1 Samuel 15:33: Assim como a tua espada desfilhou mulheres, assim desfilhada ficará tua mãe entre as mulheres. E Samuel despedaçou a Agague perante o SENHOR, em Gilgal.
Assim como Agague havia deixado muitas mães sem filhos, assim sua mãe também ficaria sem o seu filho. Agague foi morto violentamente, assim como violentamente ele havia matado tantos! A retribuição providencial de Deus que deveria ter sido executada por Saul foi executada por Samuel. A Palavra de Deus tinha que ser cumprida. Porque não a cumpriu, Saul perdeu o trono e o favor do Senhor. Samuel toma a iniciativa de retribuir a Agague as suas más obras. Deus é providente em todas as coisas que faz, porque as faz para que o Seu governo seja reconhecido na terra e todas as pessoas saibam que Ele é o Rei verdadeiro e Soberano. Salmos 103:19 Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono, e o seu reino domina sobre tudo.
Quantos de nós já ouvimos a expressão: “Aqui se faz, aqui se paga” ou “quem com ferro fere com ferro será ferido”. Assim é na vida dos heróis bíblicos do Antigo Testamento, porém, eis que aparece um no Novo Testamento que usa essa lei da retribuição para salvar não para condenar, e o seu nome é Jesus. Ainda que o ladrão da cruz estivesse naquela situação, ou seja, debaixo da lei da retribuição e pagando pelos erros que tinha cometido, Jesus estava lá para salvá-lo. Lucas 23:41  Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez.
Mas a graça nos leva a crer em nossa crucificação com Cristo, onde aquele ladrão também foi incluído. Então ele pode orar: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Lucas 23:42.
Quando verdadeiramente cremos e confiamos em Cristo, a salvação é certa. Veja o que Jesus respondeu ao ladrão: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso. Lucas 23:43. E assim Ele fez conosco, no dia em que nós cremos. Amém. 


 Ouça os estudos em áudio no YOUTUBE:

Nenhum comentário: